As 387 casas de Peter Fritz miniaturas mostradas na bienal de arte em Veneza

387-model-houses-venice-biennale-designboom09

Em 1993, enquanto passeava por uma loja de sucata, o artista Oliver Croy descobriu 387 miniaturas de edifícios e casas, ordenadas e envolvidas com todo cuidado por seu própria sacola. As criações arquitetônicas eram do austríaco Peter Fritz. Pouco se sabe sobre a vida de Fritz, que, no entanto, deixou para trás um corpo substancial de trabalho que se destaca como um testamento intrigante de sua paixão que ainda intriga Croy.

Vinte anos após a descoberta dessas miniaturas, o artista Oliver Croy e o crítico de arquitetura Oliver Elser decidiram expor todas estas obras de arte, construções perdidas no tempo intitulando a exposição em homenagem ao seu criador, “as 387 casas do Peter Fritz“. Apresentado na Bienal de Arte de Veneza, os edifícios compõem um inventário quase enciclopédico de todos os tipos de estilos arquitetônicos, desde casas a edifícios bancários, igrejas tradicionais a postos de gasolina. Cada um foi montado com cuidado a partir de uma combinação de materiais facilmente adquiridos: papelão, caixas de fósforos, restos de papel de parede, folha adesiva e páginas de revistas.

Confira as imagens deste delicado trabalho misterioso de Fritz, um autor que não se sabe com qual objetivo teve todo o trabalho de construir estas miniaturas incríveis.

387-model-houses-venice-biennale-designboom08

387-model-houses-venice-biennale-designboom07

387-model-houses-venice-biennale-designboom06

387-model-houses-venice-biennale-designboom05

387-model-houses-venice-biennale-designboom04

387-model-houses-venice-biennale-designboom03

387-model-houses-venice-biennale-designboom02

387-model-houses-venice-biennale-designboom01

Um futuro piloto de avião que se aventura na busca por conteúdos interessantes e legais na internet.

Comments

comments

2 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *