Faça seu próprio gramofone de papel

como fazer um gramofone

Se você pensa que meu gramofone é de papel…

Um gramofone assim dá pra fazer em casa, né? O princípio é simples, uma agulha atrelada a um cone de papel que, pela vibração provocada no contato com o vinil, emite sons. Nada muito alto ou potente, mas extremamente interessante. Fora o clima artesanal da coisa.

E outra, se acabar a força ou se você estiver em um lugar em que não haja um toca-discos disponível, rola dar essa improvisada. A desvantagem dessa, digamos, vitrola minimalista é que girar o disco é um trabalho que ficará por sua conta (via A Gravata Florida).

Jornalista e cocriador do site Somente Coisas Legais.

Comments

comments

8 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *