Proibidas de andar de bicicleta, skate vira sensação entre meninas afegãs – graças a uma ONG

Garotas Skatistas Afeganistão 13

Nenhum país do mundo trata igual homens e mulheres. Essa afirmação não é minha. Quem diz é Phumzile Mlambo-Ngcuka, chefe da agência da ONU para a promoção da igualdade entre os gêneros.

Claro que alguns países estão mais avançados e outros menos. No Afeganistão, por exemplo, entre diversas privações, as meninas são proibidas de andar de bicicleta. Isso explica, em parte, o sucesso que o skate está fazendo entre as garotas no país!

VEJA TAMBÉM:
+ Essas 3 skatistas mirins provam que não existe essa de “coisa de menino”

Tudo começou quando o skatista australiano Oliver Percovich visitou a capital Cabul, em 2007. Ele ficou admirado com o interesse das crianças pelo esporte. Meninos e meninas, de idades variadas, queriam aprender a andar sobre as rodinhas. Oliver começou a ensiná-los e o sucesso foi tanto que o skatista vislumbrou a criação de uma projeto para a difusão do esporte no Afeganistão.

Nasceu assim a ONG Skateistan, que em outubro de 2009 havia concluído a construção de um skatepark num terreno doado pelo Comitê Olímpico Nacional do Afeganistão. A iniciativa deu tão certo que posteriormente se expandiu também para o Camboja e para a África do Sul. Somando os participantes dos três países, a ONG afirma ensinar cerca de 1.200 jovens toda a semana.

No Afeganistão, chama a atenção o fato de 40% dos aspirantes a skatistas serem meninas. Isso faz da Skateistan a maior organização desportiva do sexo feminino no país.

NÃO É SÓ PELO SKATE

Claro que se fosse “apenas” pelo esporte, a iniciativa já mereceria todos os aplausos, mas o programa é mais profundo. “O skate é simplesmente “o gancho” para se engajar com os jovens difíceis de alcançar (com idade entre 5-18). Skateistan desenvolve programas de ajuda que trabalham com um número crescente de jovens marginalizados através de skate, fornecendo-lhes novas oportunidades de interação inter-cultural, educação e programas de capacitação pessoal” – explica o site da ONG.

São criados espaços seguros em que as crianças podem conviver de igual para igual – inclusive de etnias consideradas rivais. Elas desenvolvem habilidades de liderança, responsabilidade, criatividade e muito mais. Tudo de maneira livre, cada uma escolhe o que quer aprender.

HORA DE VER FOTOS 🙂

Jessica Fulford-Dobson, uma fotógrafa do Reino Unido, registrou uma série de imagens que mostram o trabalho da Skateistan com as meninas afegãs. Olha só:

Garotas Skatistas Afeganistão 12

Garotas Skatistas Afeganistão 11

Garotas Skatistas Afeganistão 10

Garotas Skatistas Afeganistão 9

Garotas Skatistas Afeganistão 8

Garotas Skatistas Afeganistão 7

Garotas Skatistas Afeganistão 6

Garotas Skatistas Afeganistão 5

Garotas Skatistas Afeganistão 4

Garotas Skatistas Afeganistão 3

Garotas Skatistas Afeganistão 2

Garotas Skatistas Afeganistão 1

Jornalista e cocriador do site Somente Coisas Legais.

Comments

comments

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *