Mapas se tornam coloridas obras de arte abstratas nas mãos de artista

Mapas coloridos

Imagine uma época em que não existia imagens de satélite e os mapas eram desenhados à mão, baseados nos conhecimentos geográficos adquiridos na prática, por pioneiros e desbravadores. Aliado a isso, havia também a participação do cartógrafo, que eram verdadeiros artistas e, por vezes, imaginavam contornos para áreas ainda pouco exploradas.

Esses mapas antigos são verdadeiras obras de arte que contam a história e nos fazem entender como era a visão de mundo de diversos povos do passado. Hoje, nós botamos o dedo uma dezena de vezes na tela do celular e temos informações precisas sobre nossa localização, descobrimos a melhor rota até o destino, pesquisamos por estabelecimentos, pontos turísticos, analisamos as condições do trânsito, etc.

Desse modo, a utilização de mapas se tornou absolutamente trivial na vida moderna. Mas Jazzberry Blue criou uma forma de enxergarmos os mapas com outros olhos. Ele trabalha sobre a planta de diversas cidades do mundo, colorindo-as e transformando-as em pelas peças de arte abstrata. Além de contemplarmos a beleza das obras, com cores cuidadosamente escolhidas pelo artista, o trabalho de JAzzberry chama nossa atenção para as diferenças de planejamento urbano das regiões escolhidas por ele.

Veja abaixo parte de sua produção:

1-paris

2-milan

3-chicago

3-london

4-austin

5-toronto

6-new-york

7-amsterdam

8-philadelphia

9-melbourne

10-stockholm

11-munich

12-boston

13-los-angeles

14-brussels

15-san-francisco

16-washington

17-new-york

18-guadalahara

19-new-orleans

20-mexico-city

21-istanbul

22-berlin

Um futuro piloto de avião que se aventura na busca por conteúdos interessantes e legais na internet.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *