Candelabro de Paracas: desenho de 2500 anos está intacto no litoral peruano

Com 180 metros de comprimento e cerca de 2500 anos de existência, o Candelabro de Paracas, no Peru, é sem dúvidas um dos grandes feitos ancestrais ainda visíveis no mundo moderno. Na verdade, mesmo depois de milênios, o geoglifo continua praticamente intacto, oferecendo uma experiência deslumbrante aos visitantes do local.

Com sulcos que variam entre 1,2 e 3,2 metros de profundidade e com uma camada de sal que cobre toda a região, o desenho resistiu muito bem à ação do tempo, assim como as famosas linhas e geoglifos de Nazca e das Pampas de Jumana, que estão a menos de 200 km do lugar. O Peru é um país de vasta riqueza arqueológica.

A origem e o propósito do Candelabro de Paracas, localizado na província de Pisco, ainda são motivos de estudo e discussão, mas o fato é que trata-se de uma construção de tamanha beleza e importância que em janeiro de 2017 foi declarado patrimônio cultural pelo governo peruano.

Como aponta para o sul e, graças a suas dimensões exorbitantes, pode ser vista a uma distância de até 20 km mar adentro, uma das hipóteses mais aceitas é de que o Candelabro de Paracas seria uma espécie de farol para os antigos navegadores peruanos. Acredita-se também que poderia se tratar de um monumento aos deuses da época, mas nenhuma teoria é definitiva.

[Fontes: La Republica | Amusing Planet | La Nación | Wikipedia]


+ Crédito: Unukorno/Wikimedia


+ Crédito: Dan Kit/Flickr


+ Crédito: David Stanley/Wikimedia


+ Crédito: Yoli Marcela Hernandez/Wikimedia


+ Crédito: Google Earth

Jornalista e cocriador do site Somente Coisas Legais.

Comments

comments