Esculturas articuladas caminham sozinhas à beira-mar

ventosa[1]

Quando a mecânica encontra a arte, o resultado são criações que superam qualquer tentativa de rotulá-las dentro dessa ou daquela disciplina. Tudo o que podemos dizer é que as obras são realmente impressionantes.

O holandês Theo Jansen (visite o site do artista), criador de esculturas articuladas que, movidas pelo vento, são capazes de caminhar sozinhas, dedica-se desde 1990 a desenvolver essas “novas formas de vida” – como define seu trabalho.

Ele utiliza basicamente tubos plásticos para criar esqueletos andantes. Em algumas obras, as pás que se movem com o vento acionam pistões que enchem algumas garrafas plásticas de ar, gerando pressão que é utilizada para distribuir energia no mecanismo, como uma espécie de inteligência analógica.

As estruturas, mesmo paradas, despertam a curiosidade, mas quando começam a se movimentar transformam-se em obras de arte moderna verdadeiramente admiráveis.

Assista abaixo a um vídeo e confira alguns gifs animados das esculturas cinéticas de Theo Jansen em ação.

Esculturas articuladas que andam movidas pelo vento (3)

Jornalista e cocriador do site Somente Coisas Legais.

Comments

comments

7 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *