Faixas brancas pintadas em edifícios formam anéis gigantes quando observadas do ponto certo

intervencao-urbana

A cidade belga de Hasselt tem diversas atrações turísticas. Fundada no século VII, por lá é possível encontrar inúmeros monumentos, construções históricas e outros espaços públicos para visitar. Além disso, Hasselt promove eventos como o carnaval, quermesse e corrida de bicicleta.

Portanto, é bem possível que muita gente tenha notado as enormes faixas curvilíneas pintadas em paredes, telhados e outras superfícies do centro histórico. O difícil é perceber que não se tratam de desenhos aleatórios. São, na verdade, parte de uma obra gigantesca do artista Felice Varini.

Para entender a intenção de Felice, é preciso observar as pinturas de um ponto específico. Aí, o que se vê é a formação de imensos anéis, originados pela conexão das faixas brancas que percorrem 99 prédios.

O vídeo abaixo resume, em um único time-lapse, os 20 dias de trabalho que foram necessários para a produção dos círculos.

E aqui, uma fotografia tirada no local exato: o terraço do Radisson Blu Hotel:

483162892_1280x720[1]

Imagens de algumas faixas vistas isoladamente:

Felice-Varini-4[1]

Felice-Varini-3[1]

Felice-Varini_2[1]

Z33_DeUnie-FeliceVarina-construction43-960x600[1]

Jornalista e cocriador do site Somente Coisas Legais.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *