Sexta 13: Top 5 Filmes de Terror nesta “friday 13th”

Qualquer sexta-feira 13 é considerado um dia de muito azar já que une o 13, pouco apreciado na numerologia, e a sexta-feira, tida como um dia de muito azar. Foi também também numa sexta-feira o dia em que Jesus foi crucificado, o que aumenta a simbologia da data.

Não há uma explicação história que sirva como uma justificativa palpável para o temor que a maioria das pessoas sentem em relação à sexta 13. Mesmo assim, é o dia em que todo mundo fica um pouco receoso. Em homenagem à data, criamos uma lista com 5 filmes de terror clássicos.

Filme 1: O Exorcista
Melhores filmes de terror: O Exorcista

Dirigido por William Friedkin em 1973, O Exorcista é uma adaptação do livro de mesmo nome. Conta a história de uma atriz de sucesso cuja filha, Regan, é possuída por Pazuzu, espírito presente em uma estátua desenterrada por um arqueólogo no Iraque. Depois de consultar vários psicólogos, a atriz não vê saída se não chamar um Padre para exorcizar a filha.

Horripilante do começo ao fim, o filme ficou famoso pelas cenas da Regan descendo a escada como uma aranha, girando a cabeça 360 graus, levitando, cuspindo, xingando, vomitando e todo o resto da cena de exorcismo. Inclusive correram boatos que dizem que este é um filme amaldiçoado, aparentemente ocorreram várias coisas “duvidosas” durante as filmagens. O que sabemos é que O Exorcista é um clássico do cinema e, especialmente, do terror.

Video: Trailer do filme “O Exorcista

Filme 2: O Iluminado
Melhores filmes de terror: O Iluminado
Jack Torrence consegue um emprego de vigia em um hotel no Colorado durante a temporada de inverno, e leva a sua família para lhe fazer companhia. Devido à baixa temporada e ao isolamento, Jack começa a ter visões, seu filho desenvolve poderes paranormais e começa a se comunicar com os estranhos espíritos que rondam o local e, pouco a pouco, a personalidade de Jack vai se modificando.

Adaptado do livro “The Shinning” de Stephen King, o filme tem como diretor Stanley Kubrick. Alguns consideram seu filme mais fraco, outros que o filme não faz jus ao livro. Porém, a realidade é que Kubrick conseguiu adaptar da melhor forma o livro para o cinema, já que a magia dos livros de King está no fato de eles darem asas à nossa imaginação, da narração construída para não nos fazer perder nenhum detalhe. E Kubrick faz drásticas modificações na história original – maior reclamação dos fãs de King – justamente para levar às telas essa magia dos livros.

“O Iluminado” é um filme cheio de nuances, que não precisa apelar para os ‘sustos’ fora de hora e monstros de borracha para tornar-se genial e um clássico do horror – bastou para ele uma engenhosa trama, cheia de jogos psicológicos que mexem com nossos medos mais escondidos.

Filme 3: Psicose
Filmes de Terror: Psicose
Sobre psicose não há porquê de que justificar sua presença neste post – do aclamado diretor Alfred Hitchcock, Psicose é sempre o primeiro nome que nos vêm à cabeça quando pensamos em filmes de terror ou suspense.

O filme começa com a secretária Marion roubando 40 mil dólares da imobiliária onde trabalha. Com pouco tempo para conseguir fugir, Marion sai dirigindo sem destino pelas estradas. Cansada, hospeda-se no decadente Motel Bates, à beira da estrada. Lá, é recepcionada pelo estranho Norman Bates, um garoto tímido e dominado pela mãe. E é neste hotel que acontece uma das cenas mais famosas da história do cinema: o assassinato no chuveiro.

Com uma trama surpreende e elenco muito escolhido, Psicose é o tipo de filme que todo o amante de filmes de terror – ou mesmo amante de filmes – tem que assistir.

Filme 4: Poltergeist – O Fenômeno
Filmes de Terror: Poltergeist - o fenômeno
Produzido por Steven Spielberg e dirigido por Tobe Hooper, “Poltergeist” pode, inicialmente, parecer “mais um daqueles filmes de casas assombradas” onde objetos se mexem e portas abrem e fecham sozinhos. Porém, os Freeling – família americana modelo, que vive feliz em sua casa na cidadezinha de Cuesta Verde – em vez de sofrerem reações histéricas perante as manifestações paranormais, como era de esperar, encaram os fenômenos com naturalidade e inclusive “brincam” com ele. Claro que essa situação de modifica quando o clima começa a esquentar e a filha caçula, Carol Anne, é sugada pela TV para uma outra dimensão.

Diferente do “Ilumidado”, Poltergeist é cheio de sustos e suspense – e, curiosamente, pode nos explicar por que algumas crianças têm tanto medo de palhaços.

Filme 5: O Bebê de Romemary
Filmes de Terror: O bebê de Rosemary
A trama conta a história de Rosemary e seu marido Guy Woodhouse. O casal se muda para um apartamento em New York e com ajuda dos vizinhos Minnie e Roman Castevet organizam suas vidas. Guy consegue um papel graças a um acidente com o ator titular e, logo depois, Rosemary tem um pesadelo no qual ela faz sexo com uma criatura assustadora, e depois de algum tempo, descobre que está grávida. Rosemary é tratada por Minnie e seu médico, Dr.

Sapirstein, com “vitaminas especiais”. Certos acontecimentos levam Rosemary a acreditar que todos estão envolvidos com magia negra e desejam que ela dê a luz ao filho do Diabo. Nesse filme, o diretor Roman Polansk revoluciona o jeito de fazer filmes de terror.

. . .

A ideia deste post veio do blog Vale Cinema

Jornalista e cocriador do site Somente Coisas Legais.

Comments

comments

3 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *