A incrível geração de notebooks que funcionam o dia inteiro sem precisar recarregar a bateria!

O que eu mais vejo por aí é gente usando o notebook quase como se fosse um computador de mesa, já que os aparelhos só funcionam quando conectados à tomada. É a famosa bateria bichada!

Em outros casos, especialmente quando falamos em computadores mais potentes, mas já com alguns anos de uso, a bateria até funciona em momentos de emergência, mas não seguram mais que uma, ou quando muito, duas horas de uso.

Muita gente aqui deve se enxergar em situações absurdamente chatas, mas muito comuns como: ficar sem bateria no meio de uma reunião de trabalho, numa aula ou palestra, em uma viagem, ou até no momento empolgante de um filme! Eu sei bem o que é isso, ou melhor, sabia!

15CY1_Image_2in1_Commuter.jpg.rendition.intel.web.1072.603[1]

O dia inteiro sem carregar a bateria do notebook
Isso parece algo fora da realidade? Mas não é! A tecnologia é realmente fantástica e, quando se trata de computadores, evolui de maneira impressionante. De 4 anos para cá, por exemplo, a eficiência de um processador – quando se fala em consumo de energia – melhorou mais de 50%.

Além disso, os menores processadores do mundo, fabricados pela Intel, dispensam ventoinhas para a refrigeração. Isso possibilita a criação de notebooks ainda mais econômicos, finos e leves.

Menos consumo, menor a conta de energia
Para se ter uma ideia, de acordo com a Intel, enquanto uma máquina antiga consome cerca de 50 watts, uma tecnologia mais avançada gasta apenas 20 – fazendo com que um notebook moderno possa ter até o dobro de duração de bateria quando comparado a notebook de 4 anos.

A conclusão é que, além de poder realmente contar a bateria do seu notebook – que vai funcionar de fato como um computador portátil, sem estar preso a tomadas –, um computador moderno significa redução de gastos com energia. E só aí são mais duas vantagens: uma conta menor no fim do mês e a utilização de equipamentos mais sustentáveis em uma época em que é preciso pensar como sobrecarregar menos o meio ambiente!

Essa publicação foi apoiada por uma empresa. Iniciativas assim ajudam a manter o Somente Coisas Legais. Se sua marca quiser produzir conteúdo em parceria conosco, entre em contato.

Jornalista e cocriador do site Somente Coisas Legais.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *