Por que os banheiros japoneses são muito mais legais que os do resto do mundo

Você sabia que no Japão, antes de tomar banho, você tem que tomar banho? Esse pode parecer um costume incomum, mas os japoneses têm o hábito de dividir a água da banheira com outras pessoas, seja em casa ou nos banheiros públicos e, por isso, é importante estar bem limpo antes do banho por imersão.

Também é proibido usar sabonetes, óleos e outros produtos que interfiram na qualidade da água para o próximo banhista. Para garantir a água sempre quentinha, eles investem em tecnologia digital para controlar a temperatura da água e dos quartos de banho.

Isso tudo é muito estranho para os brasileiros, mas os orientais também são adeptos do banho coletivo e não se importam com a nudez alheia.

Outra curiosidade sobre o banheiro dos japoneses são as privadas “high tech”, que têm aquecimento de acento, chuveirinho acoplado e até trilha sonora para o momento íntimo.

No Japão, o acento fica em um lugar separado do local do banho para preservar a pureza do ambiente. Os orientais se preocupam bastante com a higiene e estão sempre pensando em novas maneiras de usar o banheiro.

Banheiros japoneses - privada
Esse sistema faz com que a privada funcione também como bidê e chuveirinho para deixar as partes intimas limpas depois de usar o banheiro.

Banheiros japoneses
Eles são tão higiênicos que você pode ter o seu próprio “levantador de tampa de privada” para lugares públicos.


Por mais estranho que possa parecer, é possível secar roupa dentro de alguns banheiros japoneses.

v1O3pQ[1]
Em banheiros compartilhados, você praticamente não precisa tocar em nada. O acionamento do sabonete é feito por sensor, assim como a torneira e o secador de mãos.


Os banheiros públicos oferecem opções para número um e número dois.  Basta escolher o que deseja e esperar a privada fazer a mágica! E aí, você gostaria de experimentar um banheiro japonês?

Jornalista, estudante de psicologia e otimista de nascença

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *