Existe um game brasileiro que tem uma arqueira andino-indígena como protagonista!

Se você curte jogos de RPG, games na pegada anos ’90 e se interessa pelas culturas indígenas da América, vai curtir conhecer Ponami, um game que junta tudo isso e ainda é desenvolvido pela Jogos Aurora, uma produtora brasileira – que disponibiliza o jogo de graça!

Ponami é uma jovem que sai da Aldeia de Sajor em busca de respostas para proteger seu povo da invasão de criaturas mágicas e a partir daí, o jogo começa com dificuldade progressiva para o gamer poder se acostumar. Sua arma principal é o arco e flecha, mas também sabe atacar com chutes. Ela possui uma barra de energia e de estamina, o que impede que ela saia distribuindo golpes sem parar.

“Como mulher, me senti na obrigação de fazer uma nativa forte”, explica Marina Torrecilha, ilustradora digital e uma das idealizadoras do jogo para celular.

Ponami com seu arco e flecha

Por enquanto, o game conta apenas com um mundo, mas são previstos 6 mundos com 8 fases cada: a Cordilheira de Sajor, uma referência aos Andes, o Deserto de Indorur, o Pântano Sombrio de Zulo Zulo, as Geleiras de Nagnir, as Ilhas Flutuantes e o Vulcão Mosco, que ainda vão ser uma surpresa para os usuários.

Tela com os mundos de Ponami mostrando liberado apenas o primeiro

Lançado em 20 de março deste ano, Ponami já conta com mais de 150 mil downloads entre os usuários de Android.

Tela do jogo Ponami com a personagem principal sobre uma caixa

Curtiu? Então clica aqui para fazer o download gratuito do jogo.

O pessoal do Mobile Gamer fez uma crítica sobre o jogo.

Beletrista apaixonada por viagens, culinária, fotografia e coisas marotas pra se divertir com os amigos.

Comments

comments