Os muros pintados desse vilarejo são uma espécie de grafite tribal

Casas pintadas - aldeia Tiebele (1)

O costume de pintar as paredes, seja para decorar ou transmitir algum tipo de informação – ainda que de forma transgressora -, não é algo exclusivo dos centros urbanos. Os desenhos rupestres sempre estiveram aí para nos mostrar isso.

Casas pintadas - aldeia Tiebele (2)

No vilarejo de Tiébélé, localizado no país africano de Burkina Faso, os moradores têm o costume de dar um ar artístico às suas casas.

Casas pintadas - aldeia Tiebele (3)

Este é um trabalho das mulheres da aldeia. Elas se juntam para reforçar o exterior das casas e aproveitam para criar os desenhos. A “tinta” é obtida pela mistura de barro e pedras esmagadas de diferentes colorações.

Casas pintadas - aldeia Tiebele (4)

Tiébélé é uma vila real, e a única coisa que a difere das vilas comuns são justamente as pinturas que decoram as paredes do lugar.

Casas pintadas - aldeia Tiebele (9)

Algumas das construções decoradas não são casas, mas sim mausoléus construídos para sepultar os mortos.

Casas pintadas - aldeia Tiebele (5)

A aldeia, que ocupa uma área de apenas apenas 1,2 hectare, fica no sul de Burkina Faso, perto de Gana. Os moradores são os membros reais do povo Kassena, um dos mais antigos grupos étnicos do país.

Casas pintadas - aldeia Tiebele (6)

É um lugar muito difícil de se visitar porque o povo Kassena deseja permanecer isolado de influências externas e preservar seus próprios edifícios e tradições.

Casas pintadas - aldeia Tiebele (7)

Eles acreditam que a modernidade é uma ameaça à sua cultura e, por isso, preferem evitar visitantes. É preciso um longo processo de negociações para ser admitido na aldeia.

Casas pintadas - aldeia Tiebele (8)

Jornalista e cocriador do site Somente Coisas Legais.

Comments

comments

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *